Juventude Ameaçada

694
Juventude Ameaçada

É comum ver como a sociedade materialista tenta dominar os jovens que estão entre os 10 e 18 anos para logo introduzí-los no sistema de ilusão prevalecente.

A educação transmitida é responsável por convencer os jovens a serem sócios de um sistema e logo gastar o resto de sua vida vendendo as mesmas mentiras.

O poder dos meios de comunicação e dos interesses mesquinhos é muito grande e esmaga o idealismo e o desejo puro que está latente no coração da juventude.

Seduzindo as crianças desde pequenas com cobiça e apetite sensual preparam a invasão das pequenas mentes.

“Na sociedade moderna somos arrastados pelos mesmos erros dos pais e quem não abre os seus olhos em busca do caminho da luz e do amor universal, será influenciado por seu próprio mal karma ou destino.”

Astutamente se utiliza o suborno, as doces palavras, a criação de intrigas da sociedade elitista ou a plena ameaça e violência para subjugar os jovens.

Na cultura Védica, a mais antiga do planeta, o processo de educação era totalmente diferente.

As crianças aprendiam na escola de seus mestres os valores do celibato e as virtudes do autocontrole. A luxúria, a ira, a cobiça, os quais são caminhos certos para o inferno, foram combatidos por uma educação de valores brahminicos (de conhecimento sagrado) onde o centro estava no serviço desinteressado, o agradecimento e a devoção.

Nesta cultura há um clássico da literatura, o Bhagavad Gita, onde se descreve que a gente deve desenvolver qualidades como: “Damo: ser sempre pacífico”, “Damas: ser capaz de se autocontrolar”, “Tapa: ser capaz de praticar austeridades”, “Saucam: ter pureza e limpeza”, “Ksantih: ser sempre tolerante”, “Arjavam: ser sempre honesto”, “Jnanam: Adquirir conhecimento”, “Vijnanam: procurar a sabedoria”, “Astikyam: ser um servidor da verdade espiritual”. -Bhagavad Gita 18.42-

Com estes ensinamentos as crianças saiam da escola enriquecidos e seus ideais eram os mais elevados. Não eram somente castos, eles também não se intoxicavam e o mais importante: haviam aprendido que o propósito de sua vida era alcançar a autorrealização e nunca favorecer qualquer injustiça que pudesse aparecer.

Querido jovem leitor: é natural que se sinta desamparado ao comparar a situação de hoje em dia com a sabedoria que os mestres espirituais do passado ofereciam aos seus alunos. Na sociedade moderna os filhos são arrastados pelos mesmos erros dos seus pais e que quem não abre os seus olhos em busca do caminho da luz e do amor universal vai ser influenciado por seu próprio mal Karma (reações por ações das vidas passadas) que o levou a nascer neste momento tão difícil neste mundo.

Quando alguém se opõe à matança de animais, à vivissecção, quer se tornar vegetariano, é casto e quer viver sem drogas, os seus “protetores” começam a protestar por esta conduta. Em outras palavras, atuam defendendo ações erradas. Assim vemos que nesta era a justiça desapareceu, a tal grau que inclusive muitos juízes se vendem.

Seja corajoso! Você não é o único jovem revolucionário que busca um amor sincero e um mundo sem fraude institucionalizado. O “Straight Edge”, por exemplo, é um movimento que faz músicas e promove o seguimento de princípios reguladores. Também existem muitos outros jovens que tentam se purificar praticando yoga.

Seja diferente, seja vegetariano, mesmo que sejam poucos, este seria o início de uma mudança. Não espere que os canais de televisão parem de transmitir violência e pornografia em sua programação, ou que os traficantes de drogas patrocinem os programas contra os vícios. Não esqueça que cada pássaro voa com a força da sua própria plumagem. Mas naturalmente a união faz a força, por isso busque outros jovens com ideais similares.

O ser humano anseia a luz, e ao darmos as costas para a luz, como nós que estamos criando a sombra. Por isso convidamos todos os jovens a ajudar a conscientizar o mundo. O grupo da campanha “Consciência mesmo que doa” tem uma coleção de arte, música, artículos, filmes e teatro que tentam expor o abuso de muitas pessoas, organizações, multinacionais e outras figuras corruptas que geram sofrimento ao mundo. Igualmente, este grupo tenta apresentar a beleza do chamado místico do coração em cada ser.

Não é necessário que todo mundo seja consciente, o importante é que você, querido leitor, seja consciente. A única força que existe contra a ignorância é a sabedoria, a única força contra a crueldade é o carinho, a única força contra a mentira é a verdade. A única força contra o consumismo destrutivo é a simplicidade e rejeitar as ações daqueles que se enriquecem às custas de degradar o mundo.

O mais importante: atue com prudência e amor. Os erros dos ignorantes não devem ser respondidos com outros erros. Isso não é necessário. A revolução do amor esta sendo esperada por todo o mundo, mesmo por aqueles que nem acreditam nisso; aqueles que deixaram esmagar seus ideais juvenis. Só com muita determinação podemos manter nossos ideais.

Mas todos nós temos um grande aliado: nossa voz interna, a Superalma que acompanha cada ser em toda sua existência. Ele é o mestre interno que ilumina a todos para que assumam seu ensinamento.

Eu adoraria fazer algo para que você se ajude pessoalmente, a sua família e ao mundo e que sempre estejamos unidos neste espírito.

Seja estrito com você mesmo e misericordioso com os outros. Mas não fique calado quando sua voz possa fazer a diferença. Com muito afeto.

“A crítica sem coração e sem carinho é destrutiva. Assim se destrói a vida espiritual”.

Fonte: Coleção Sabedoria Védica
Autor: Swami B.A. Paramadvaiti

 

juventud-amenazada

Alguns textos podem conter erros de tradução. Para fazer sugestões pode escrever a contato@yogabazar.com.br